sábado, 22 de abril de 2017

Castro do Zambujal

A iniciativa partiu do museu Leonel Trindade, assinalar o dia internacional dos monumentos e sítios, sob orientação do arq. André Baptista e introdução de Sofia Máximo, ao quais agradeço. Estivemos hoje num dos monumentos nacionais mais importantes e enigmáticos da zona oeste, datado do inicio da idade do bronze, terceiro milénio a.c.
O dia esteve fabuloso e até as dezenas de pequenos insectos que saltavam para o bloco pareciam fervilhar de curiosidade. O espaço oculta ainda imensos segredos e o terreno além de ser atravessado por várias rotas de caminhadas possui paisagens lindíssimas e locais fabulosos para piqueniques, descansar ou explorar.
Num primeiro desenho, com alguma calma, ataquei a parte mais visível da anciã fortificação, num segundo momento, onde o tempo se perdia na conversa fui desenhando com menos rigor o amontoado de pedras perdido na vegetação.
...
The initiative was from the Leonel Trindade Museum, mark the international day of monuments and sites, under the guidance of arch. André Baptista and introduction by Sofia Máximo, whom I thank. Today we were in one of the most important and enigmatic national monuments of the west, in the area of Lisbon, dating from the beginning of the Bronze Age, third millennium a.c.
The day was fabulous, and even the dozens of small insects jumping to the block seemed to be bubbling with curiosity. The area still hides vast secrets and the terrain, as well as being crossed by several hiking routes, has beautiful landscapes and fabulous locations for picnics, resting or exploring.
In a first sketch, with some calmness, I attacked the most visible part of the old fortification; in a second moment, where time was lost in the conversation, I was drawing less rigorously the heap of stones lost in the vegetation.



 












sexta-feira, 21 de abril de 2017

Síntese

A realidade é complexa, cheia de detalhes, formas e cores, significados, ideias, memórias, ilusões... Apesar de gostar de me perder em texturas e detalhes, por vezes não há tempo, nem paciência, é preciso sintetizar. Em vez de me deliciar com a melodia da vegetação, as notas musicais da textura da pedra ou terra, o sabor da cor e as suas conjugações em atmosferas, é essencial encontrar o mínimo que defina a paisagem, saber onde parar...
Algo a repetir, até um desenho de uma hora se traduzir em dez minutos.

Breve passagem pelo Forte de São Vicente, Torres Vedras

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Cozinha

A Primavera começa a manifestar-se em todos os recantos por todas as dimensões, os dias tornaram-se maiores, a flores despertaram, a cor alastrou... e uma certa energia invadiu o ambiente.


quarta-feira, 12 de abril de 2017

Jardim das Amoreiras

Sabe sempre bem deliciar os sentidos e dar de beber à saudade.
Voltar a Lisboa e deambular por ruas esquecidas tem sempre algo de apetitoso, ao descobrir detalhes e elementos novos, recordar momentos e desfrutar de lugares que se tornaram eternos.
Desenhar enquanto se espera é o melhor que se pode fazer quando o ambiente nos envolve.


domingo, 2 de abril de 2017

Portugal by Urban Sketchers

Representando Torres Vedras na região da Estremadura, aqui fica o meu contributo nesta excelente iniciativa, a Zest excedeu-se e criou a possibilidade de adquirir cada desenho em formato poster.
Livro disponível nas principais livrarias do País e em link.
Todos os desenhos presentes no livro podem ser encontrados em formato poster em link.
Os meus desenhos em versão poster: link1, link2, link3.




domingo, 12 de março de 2017

Farol da Nazaré

Confesso que esperava um dia com menos vento, mas o tempo até não desiludiu, apesar de algum frio ao vento e calor a mais ao sol.
Esperava um grupo pequeno de desenhadores, mas o fim de semana acordou sorridente e algumas dezenas de sketchers e pintores resolveram aparecer.
Foi um encontro cheio de convívio, com uma grande diversidade de paisagens e objectos a desenhar, os trabalhos mais uma vez surpreenderam.
O meu bloco revelou-se mais uma vez inadequado para aguarela, por vezes como se estivesse a pintar em plástico, outras vezes com textura e detritos a mais, mas no fim, aprende-se sempre algo ;).

Ao abrigo do Forte S. Miguel Arcanjo, onde se situa o Farol da Nazaré.
 A pequena fortaleza vista da encosta de acesso.
 O Sítio da Nazaré,  desenho rápido com teste de tramas.
 O Santuário da Nazaré visto do largo lateral.
 O Sítio e Capela de Nossa Senhora da Nazaré.







  








segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Carnaval 2017 Torres Vedras

Um Domingo em cheio, com prazer que pude colaborar na organização de mais um encontro, neste caso, na multidão de Carnaval.
Obrigado a todos os que aceitaram o desafio, agradecimentos ao André Duarte Baptista pela iniciativa e à Promotorres pela colaboração.
Apesar da multidão e de alguma articulação com todos, resultou bastante bem, notou-se no entusiasmo de todos, nas mascaras de cada um e na quantidade de desenhos.
Em desenho ainda foi possível registar ao centro, o Pedro Alves como diabo louro, ao qual também agradeço toda a disponibilidade e espírito carnavalesco.









terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Museu Nacional Ferroviário

Situa-se no Entroncamento, um museu dedicado aos tempos áureos do caminho de ferro.
Está repleto de detalhes interessantes, desde uma quantidade infindável de objectos ligados a toda esta herança industrial assim como muitas das antigas locomotivas e automotoras que estiveram em serviço.
Pareceu-me particularmente interessante, três momentos: o memorial de placas de fabricante sobre as maquinas desactivadas (quarto desenho); nas traseiras do museu, uma locomotiva velha e enferrujada cheia de alma, como se o tempo e as cicatrizes das viagens estivessem ali a contar história; por ultimo, um modelo miniatura guardado em divisão de vidro mas associado a uma pequena linha em percurso sobre os espaços junto à antiga estação.
Foi um encontro de sketchers muito concorrido, no qual agradeço o apoio da Ordem dos Arquitectos, a divulgação de "como é trabalhar com um arquitecto" e a promoção do acto de desenhar.
Estão também de parabéns todos os elementos da organização Uskp PT e do Museu Nacional Ferroviário, principalmente aqueles que incansavelmente nos acompanharam constantemente no atravessamento da linha.
...
It is located in Entroncamento, a museum dedicated to the golden times of the railroad.
It is filled with interesting details, from an endless number of objects connected to this whole industrial heritage as well as many of the old locomotives and railcars that were in service.
It seemed to me particularly interesting, three moments: the manufacturer's plate memorial on the disabled machines (fourth drawing); At the rear of the museum, an old rusty locomotive full of soul, as if time and the scars of travel were there to tell history; Finally, a miniature model saved in glass division but associated to a small line in route on the spaces next to the old station.
It was a busy meeting of sketchers, in which I thank the support of the Order of Architects, the dissemination of "how to work with an architect" and the promotion of the act of drawing.
Also to be congratulated are all elements of the Uskp PT organization and the National Railway Museum, especially those who have been constantly following us along the line.